Do que você chama as pessoas?

Certo dia, um rei convidou para um farto jantar um velho mestre chamado Muhak.
Quando Muhak chegou ao palácio o rei explicou-lhe que, para afastar o cansaço e a tensão do trabalho administrativo, queria ter uma conversa completamente informal com ele.
O mestre, então, se colocou à sua disposição.

Iniciando a conversa o rei, conforme havia indicado, logo comentou:

– Muhak, você mais parece um grande porco faminto procurando por comida.

O mestre Muhak, após refletir e sem se alterar, respondeu:

– E o Senhor, Excelência, mais parece um buda meditando sobre um pico elevado do Himalaia.

O rei, ora descontraído, ficou surpreso com a resposta de Muhak e alterando o semblante lhe disse:

– Comparei você a um porco, e você me compara a um Buda?

– É que um porco só pode ver um porco, Excelência, e um Buda só pode ver um Buda!

Você só reconhece nos outros aquilo que também existe dentro de você!


Bjs e abraços,

Fabricio =)

Anúncios

18 respostas em “Do que você chama as pessoas?

  1. Parabéns meninos,sensacional esse post,afinal no fundo somos aquilo que dissemos que o outro é…Muito bom,e mais uma vez PARABÉNS!!BJUSS E FIQUEM COM DEUS

    • Oi Rafaela! tudo bem?!
      Muito obrigado pelo comentário! 😀
      E seja sempre bem vinda ao nosso blog!
      Se quiser acompanhar a gente é só “curtir” nossa página no facebook ou então nos seguir no twitter! 😉
      Grande beijo!

      Fabricio / Rafael =)

  2. hahaha muito bom! Tem pouco tempo que um amigo me falou tanta coisa pejorativa e foi praticamente a mesma coisa que eu falei pra ele. Como se eu fosse um espelho que refletia a imagem dele.

    • Exato Marco!
      Tudo aquilo que nos incomoda é porque tem a ver com a gente! 😉
      Seja sempre bem vindo ao nosso blog! 😀
      Se vc quiser acompanhar é só “curtir” a nossa página do facebook ou então nos seguir no twitter!

      Abração!!!!

      Fabricio / Rafael =)

  3. Não consigo acreditar em Destino mas a minha vida está cheia de felizes coincidências.
    O post de hoje é mais uma. Passei o dia de mau humor e de má vontade para com as pessoas onde trabalho (felizmente não exteriorizo o meu mau humor, acredito que as pessoas merecem usufruir do meu melhor) e ao ler esta curta estória parece que se “fez luz” e automáticamente melhorou.
    Muito obrigado.

  4. muito bom!um psicanalista ja havia me dito algo parecido.

    – repudiamos nos outros aquilo que não queremos enxergar em nós mesmos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s