Do que você tem medo?

O medo lhe impede de agir com razão! E acima de tudo lhe impede de crescer!
Na maioria das vezes só ele existe dentro da nossa cabeça, dentro de nossa própria imaginação.
Então de certo modo, controlar sua imaginação é liquidar boa parte de seus medos.

Muitas pessoas são criadas tendo o medo como filosofia de vida.
O medo é o ensinamento mais comum nas famílias e passa de geração para geração.
A escola, a religião, a família, os amigos, enfim, todos nos ensinam a ter medo na vida, medo de Deus, medo dos animais, medo da Natureza, medo de nós mesmos… todos nos ensinam diversas formas de medo ao invés de nos ensinarem a harmonizar e aprender com tudo isso.

Quando existe compreensão, o medo desaparece.

“Então é só eu ser corajoso e sair por ai batendo de frente contra os meus medos?!” – você me pergunta.
Não exatamente!rs
Existe uma linha tênue entre o medo e a coragem.
Para conhecer um, é obvio que nós precisamos do outro, porém o que você realmente precisa está acima disso; é consciência.

O que é novo só nos dá medo quando ficamos fazendo suposições, do contrário as experiências novas serão encaradas apenas como surpresas e não como sustos.

Quando temos consciência, medo e coragem passam a ser secundários pois adquirimos autoconfiança.
Isso significa que não precisaremos nos exaltar para agir: a adrenalina não lhe controlará mais, você não cometerá excessos.
Você irá obter o controle sobre si mesmo, agirá com calma e acima de tudo agirá com segurança.

Mas para que isso aconteça é preciso em primeiro lugar que você seja sensato e controle seus pensamentos maldosos! (sim, MALDOSOS!!! sua imaginação negativa!).
Porque a questão não é você enfrentar o medo propriamente dito e sim analisar qual idéia fantasiosa você está alimentando, pois quando paramos de imaginar desenfreadamente o medo cessa.

Você consegue enxergar que está imaginando “maldades” demais?!


Beijos e abraços,

Fabricio =)

Anúncios

15 respostas em “Do que você tem medo?

  1. Olá Fabricio,

    Realmente o medo nos enche de ansiedade e a grande maioria das vezes tudo o que imaginamos não acontece ou então se acontece, não é tão mau como o imaginávamos.
    Tento controlar isso todos os dias, e tento cada vez mais impedir que o medo me bloqueie.
    Nem sempre é fácil…mas aos poucos tenho conseguido, umas vezes melhor que outras 😉

    Mais uma vez gostei muito:)

    Beijo grande

  2. otimo texto fabricio.
    mas no meu caso, o medo me ajudou, pois eu sou apaixonado(talvez amando) por uma garota e o medo dela se apaixonar por outra pessoa esta me fazendo ficar melhor pra ela, mudando as coisas ruins que eu tenho, nesse caso ele abriu os meus olhos.

    • Fala Marcos!!! blz?! =)
      Esse é o aspecto positivo do medo, é o “medo saudável” rs
      Quando a gente tem a cabeça aberta, até nos momentos difíceis tiramos algum proveito, este é seu caso! 😉
      Abração e melhor sempre!!!

      Fabricio =)

  3. Olá Fabrício
    Desculpe-me a indiscrição ,mas vc é psicólogo? Estou precisando conversar com um. Talvez você possa me ajudar. Se tiver um e-mail em que possamos nos comunicar ficaria muito agradecido…

    Obrigado

  4. Olha quase toda semana meus amigos chamam algumas pessoas pra irem na casa deles ver filmes de terror , como ontem , assistimos jogos mortais , e anteontem sobrenatural , quando fui durmir fiquei vendo as coisas com meus própios olhos passando na minha frente isso é normal ?

    • Então Lara!
      É normal…rs coisas que nos chocam ficam passando e repassando na nossa mente.
      Hoje em dia os filmes não são de terror, são de violência, e violência é algo que nossa memória armazena com extrema facilidade, o que é uma coisa péssima pra nós!
      E é justamente isso quando falei sobre” alimentar maldades”: assistir filmes de terror, filmes de guerra, noticiário sangrento, enfim, todas essas besteiras alimentam nossa imaginação negativa, e isso é algo ruim pois quando surge algo novo na sua vida, o medo te paralisa logo de primeira instância! rs
      E tudo por causa da sua imaginação, por causa das coisas que você alimentou.
      Então procure alimentar o que é bom! 😉

      Grande beijo,

      Fabricio =)

  5. Fabricio, o que se fazer quando a nossa imaginação negativa, vem do nosso próprio medo, do tipo de decepcionar as pessoas que acreditam em ti, ou de errar em uma apresentação de competição a qual vc só tem 1:30 para demonstrar tecnica, habilidade e evolução de um ano inteiro. Como desenvolver esta confiança, ou já temos?, como lapidar isso?

    • É como disse no post, o medo é criado pela nossa imaginação negativa e não o contrário.
      Se você passou muito tempo alimentando idéias maldosas, no futuro isso irá agir como uma bola de ferro acorrentando o seu pé.
      Ou seja, é o medo que lhe impedirá de seguir adiante.
      Nos primeiros momentos é difícil controlar nossa imaginação, mas esse é o único modo de você controlar seu medo.
      Se foque no agora, não tente adivinhar o futuro!
      E quando você começar com idéias pretensiosas de como será o futuro, corte logo de uma vez e diga para si mesmo que isso é apenas pretensão da sua cabeça.
      Você só pode responder pelo presente, o futuro é o que você faz dele.
      Abração!!!!

      Fabricio =)

  6. Fabricio, estou adorando tudo que escreve tem me ajudo muito, pois tenho muito medo,
    principalmente de me apaixonar, sou muito insegura e isso tem me prejudicado muito nos meus relacionamentos.
    Tenho muita vontade de mudar , ser mais segura.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s