Os cinco arrependimentos das pessoas que estão para morrer

A enfermeira chamada Bronnie Ware aconselhou e cuidou de muitas pessoas em estado terminal.
Reunindo todas essas experiências ela escreveu um livro (The top five Regrets of the Dying) onde conta os cinco arrependimentos mais comuns das pessoas antes de morrer.

Em entrevista ao jornal britânico “The Guardian” ela disse que os pacientes atingiram um estado de clareza mental incrível no fim de suas vidas, e que nós podemos aprender muito com isso para deixarmos de cometer os MESMOS ERROS!

Segue a lista com os comentários da enfermeira:

1 – “EU GOSTARIA DE TER TIDO A CORAGEM DE VIVER A VIDA QUE EU QUERIA, NÃO A VIDA QUE OS OUTROS ESPERAVAM QUE EU VIVESSE”

“Esse foi o arrependimento mais comum. Quando as pessoas percebem que a vida delas está quase no fim e olham para trás, é fácil ver quantos sonhos não foram realizados. A maioria das pessoas não realizou nem metade dos seus sonhos e têm de morrer sabendo que isso aconteceu por causa de decisões que tomaram, ou não tomaram. A saúde traz uma liberdade que poucos conseguem perceber, até que eles não a têm mais.”

2 – “EU GOSTARIA DE NÃO TER TRABALHADO TANTO”

“Eu ouvi isso de todo paciente masculino que eu trabalhei. Eles sentiam falta de ter vivido mais a juventude dos filhos e a companhia de seus parceiros. As mulheres também falaram desse arrependimento, mas como a maioria era de uma geração mais antiga, muitas não tiveram uma carreira. Todos os homens com quem eu conversei se arrependeram de passar tanto tempo de suas vidas no ambiente de trabalho.”

*Dica de filme: “Antes de Partir” (2007) – Com Jack Nicholson e Morgan Freeman. 😉

3 – “EU QUERIA TER TIDO A CORAGEM DE EXPRESSAR MEUS SENTIMENTOS”

“Muitas pessoas suprimiram seus sentimentos para ficar em paz com os outros. Como resultado, eles se acomodaram em uma existência medíocre e nunca se tornaram quem eles realmente eram capazes de ser. Muitos desenvolveram doenças relacionadas à amargura e ressentimento que eles carregavam.”

4 – “EU GOSTARIA DE TER FICADO EM CONTATO COM MEUS AMIGOS”

“Frequentemente eles não percebiam as vantagens de ter velhos amigos até eles chegarem em suas últimas semanas de vida e não era sempre possível rastrear essas pessoas. Muitos ficaram tão envolvidos em suas próprias vidas que eles deixaram amizades de ouro se perderem ao longo dos anos. Tiveram muito arrependimentos profundos sobre não ter dedicado tempo e esforço às amizades. Todo mundo sente falta dos amigos quando está morrendo.”

5 – “EU GOSTARIA DE TER ME PERMITIDO SER MAIS FELIZ”

“Esse é um arrependimento surpreendentemente comum. Muitos só percebem isso no fim da vida que a felicidade é uma escolha. As pessoas ficam presas em antigos hábitos e padrões. O famoso ‘conforto’ com as coisas que são familiares O medo da mudança fez com que ele fingissem para os outros e para si mesmos que eles estavam contentes quando, no fundo, eles ansiavam por rir de verdade e aproveitar as coisas bobas em suas vidas de novo.”

Elimine suas desculpas antes que elas assumam o controle sobre você e eliminem sua vida.


Bjs e abraços,

Fabricio =)

Anúncios

11 respostas em “Os cinco arrependimentos das pessoas que estão para morrer

  1. Olá Fabrício. Adorei o post! Criei um blog, com um amigo, pra soltar minhas palavras também, pois prefiro não postar no facebook ou no twitter. Só o fiz pq é bom tirar algumas coisas de dentro, vocÊ ñ acha?
    Só comentei isso, pois o primeiro post que fiz foi sobre escolhas e quando li esse post seu, lembrei na hora!
    Parabéns novamente e continue fazendo as pessoas pensarem!!
    Obs.: O nome do blog é Discerno, do latim, Discernimento!
    Grande abraço meu caro amigo internético! rs

    • Fala Ricardo!
      Fico feliz em saber que agora você também está compartilhando! Isso é muito bom cara! haha 😀
      No primeiro instante, quando eu criei o blog eu queria agregar e oferecer um “mundo” de informações, saca?!
      Mas depois eu fui relaxando e dai os posts foram saindo bem mais naturais e as pessoas acabaram se identificando mais também… enfim, coloque pra fora da forma que as informações lhe vierem!
      Vou lá conferir! rs
      Abração pra vc também meu amigo internético!!! 😀

      Fabricio =)

  2. Tenho um pensamento que postei no facebook ontem…
    “Excelente começo de semana à Todos nós!!! Muitas Felicidades!!! se bem que se o seu espírito não estiver muito bem, de nada adiantará palavras de alegrias… Você é dono dos seus pensamentos e de suas atitudes! Só Você mesmo é que poderá mudar… então aqui vai só um pensamento.. e espero que reflita… A vida é muito curta.. tente não desperdiçar os momentos…. VIVA-os! Abraços…bia:)”… Quando está perto de pessoas que já faleceram, e que você viveu os últimos dias de sua vida, a ficha cai, e você percebe o quanto está sendo “cego” diante da vida, e que não levaremos nada dela, apenas os nossos aprendizados e conhecimentos…viva os momentos e seja mais humildade consigo mesmo e com o próximo…valeu por mais uma dica, que abrirá mais as nossas mentes…Abraços Fraternos e Poéticos..Bia:)

    • Nossa, é isso mesmo Bia…
      Esses dias eu assisti esse filme que dei como dica (Antes de Partir) e fiquei pensando muito nas coisas que deixei pra trás… Logo depois, por “acaso” encontrei o artigo sobre essa enfermeira e aqui estamos! rs…
      Bjs!!!! 😉

      Fabricio =)

  3. Olá, Fabrício
    Que diferença faz ter essa “iluminação” quando ainda há um bocado o que viver – pão, pão, queijo, queijo – pela frente, né?
    Abs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s