Qual é o seu objetivo?

“Todo esforço que tem como ponto final a auto-glorificação está fadado ao desastre.

Quando você tenta escalar uma montanha para provar o quanto é grande, quase nunca consegue chegar ao final. E, mesmo que consiga, sua vitória será oca.
Para sustentar a vitória, terá de colocar-se à prova
reiteradamente e de diversas maneiras, indefinidamente, para sempre obrigado a manter uma imagem falsa, assombrado pelo medo de que alguém descubra que ela é mentira. Esse não é o caminho -nunca.

Para o observador leigo, a escalada com ego e a escalada sem ego parecem idênticas. Ambos os tipos de escaladores colocam um pé à frente do outro. Ambos inspiram e expiram no mesmo ritmo. Ambos param quando estão cansados e vão adiante quando bem dispostos.

Mas quanta diferença!

O escalador pelo ego é como uma máquina desregulada. Põe o pé no chão um segundo antes ou depois do que devia. Tende a não perceber as belas passagens do sol por entre as copas das árvores. Vai adiante quando seu passo desajeitado mostra que já está cansado. Descansa na hora errada. Procura ver o que está à sua frente na trilha, embora já o tenha visto um segundo atrás .

Vai mais rápido ou mais devagar do que deveria e, quando fala, suas palavras versam sempre sobre outro tempo, outro lugar. Está aqui mas não está.
Rejeita o aqui, vive descontente com o aqui, quer estar mais adiante no caminho; mas, quando estiver lá, também estará descontente, pois estão, lá será “aqui”

~ Robert M. Pirsing

Você faz seus sacrifícios baseando-se na sua vaidade?


Bjs e abraços,

Fabricio

Anúncios

5 respostas em “Qual é o seu objetivo?

  1. Pingback: Todo esforço que tem como ponto final a autoglorificação está fadado ao desastre. « Blog do Osiro

  2. Escalar uma montanha é uma vitória…muitos chegam ao topo e dizem “venci a natureza”..
    Mas eu penso que ninguém vence a natureza, a montanha pode te expulsar de la como uma pulga incomoda nas costas dela.
    Mas acho que realmente vencemos algo quando chegamos no topo de uma montanha, vencemos a força dentro de nos falando “fique em casa vendo TV”, “vá beber com amigos”, “para que todo este esforço e ralação?”, quando no topo olhamos la embaixo as cidades e todo aquele povo levando muitas vezes uma vida sem saber quais os limites de sua força e persistencia ai sim eu penso “eu venci”…agora é hora de voltar e pensar na próxima montanha a ser subida…voltar com pernas cansadas, as vezes calos, dores na costa, ralados nos braços.. mas com sorriso no rosto, e quando alguem pergunta como foi seu final de semana..”foi legal” 🙂

  3. De pequenas palavras, mas com um ensinamento glorioso… somos seres muito orgulhosos, e utilizamos da “grandeza” para nos sentirmos satisfatórios a tudo e a todos.. e não é bem assim… ainda mais em relação à Natureza, como foi citado no texto acima…Não temos controle da Natureza, ainda mais quando pensamos que somos mais fortes que ela!Acredite no seu potencial, mas não deixe que o orgulho fale mais alto… Faça as coisas por amor! e não por 1º lugar… enfim, Obrigada pela Leitura, e principalmente a escrita! Abraços Fraternos e Poéticos..Bia=)

    • Exatamente Bia, algumas vezes o que nos move, mesmo que seja para o alto, é o nosso ego (infelizmente).
      E isso faz qualquer grande escalada se tornar algo vazio e sem sentido.
      E isso é diferente quando fazemos as coisas por amor.
      Muito obrigado,
      Bjs,

      Fabricio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s