O valor das coisas

2012-05-04-48c5defd21-f544-43c6-b3d0-cd84a90d2485

“Nunca dê as pessoas coisa alguma que peçam, até que ao menos um dia tenha se passado”, disse Nasrudin.

“Por que não, Nasrudin?”

“A experiência mostra que só dão valor a algo, quando têm a oportunidade de duvidar se irão ou não consegui-la.”

Bjs e abraços,
Fabricio Gonzalez

Anúncios

10 respostas em “O valor das coisas

  1. Paulo Coelho diz:

    Deus costuma usar a solidão
    Para nos ensinar sobre a convivência.
    Às vezes, usa a raiva para que possamos
    Compreender o infinito valor da paz.
    Outras vezes usa o tédio, quando quer
    nos mostrar a importância da aventura e do abandono.
    Deus costuma usar o silêncio para nos ensinar
    sobre a responsabilidade do que dizemos.
    Às vezes usa o cansaço, para que possamos
    Compreender o valor do despertar.
    Outras vezes usa a doença, quando quer
    Nos mostrar a importância da saúde.
    Deus costuma usar o fogo,
    para nos ensinar a andar sobre a água.
    Às vezes, usa a terra, para que possamos
    Compreender o valor do ar.
    Outras vezes usa a morte, quando quer
    Nos mostrar a importância da vida.

  2. Acredite, há muita gente que vê o seu blog mas não comenta. Eu sou uma delas… Aprecio o seu trabalho no meu silêncio!

  3. ACHO QUE NAS HORAS MAIS COMPLICADAS DA VIDA DA GENTE UMA FORÇA SUPERIOR NOS GUIA PARA AS PALAVRAS QUE NOS FAZEM RETOMAR O SENTIDO DE SE VIVER

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s