Você está pensando em desistir?

As pessoas que mais desistem são as pessoas egocêntricas e orgulhosas.
Sim… Uma pessoa egocêntrica é acostumada somente com suas próprias situações, seu próprio jeito de agir, seu próprio jeito de lidar com as coisas.
Nada pode ser diferente do que ela planeja, senão ela já começa a reclamar e a recusar tudo, e é neste ponto que as coisas começam a ficar mais difíceis.

Se algo está diferente do que ela sente, já é um motivo para ela não encontrar mais sentido em continuar naquilo que ela se propôs a fazer, e então ela desiste.

Uma pessoa desistente adora fazer planos, raramente cumpre aquilo que diz, e dificilmente termina aquilo que começou.

SONY DSC

Apesar de toda a pressão que seu desafio lhe proporciona, desistir do que te faz feliz não te trará alívio algum.
É preciso continuar, mesmo que seu coração esteja enfraquecido.

Tenha certeza de que hoje você seria um idiota (bosta) se você não tivesse passado pelos problemas que você passou.
Já imaginou como você seria mimado e esnobe se você tivesse tudo aquilo que você deseja? A maioria das pessoas já é assim sem serem realizadas!
Então aproveite a introspecção que seus problemas lhe causam para você se conhecer mais.

A melhor forma de continuar e não desistir de seu caminho é tendo um ideal maior pelo qual você deve lutar. Algo maior que sua própria vida.
Quando você se lembrar daquilo que você busca, toda dor e dificuldade serão suportáveis, cada golpe sofrido te deixará mais forte, mais resistente e mais afiado. E através disso você se tornará uma pessoa melhor.

O aço é forjado no fogo.

Não faça propagandas sentimentalistas de si mesmo.
Se você almeja força, alimente uma postura forte, jamais de coitado, fraco e derrotado.
Você é aquilo que se propõe a ser.

Ao invés de começar a reclamar para encontrar uma desculpa para desistir, vá até o fim.
Pelo menos uma vez na vida jogue-se naquilo que você acredita.
A realização é impossível para os covardes.

Você consegue aceitar de uma vez por todas que é preciso trabalhar duro para chegar onde você deseja?


Bjs e abraços,

Fabricio

Anúncios

Você precisa de ajuda mas não consegue pedir?

Não importa o quão forte você seja, sempre existirá um momento, mesmo que seja por uma fração de segundo, onde você precisará da ajuda de uma pessoa mais forte do que você.
Isto não te torna fraco, apenas significa que você é um ser humano e que está vivo.

Quanto mais você foge do seu coração, mais confuso você fica.
Abandone a imagem de que você é perfeito, deixe o orgulho de lado.
Somente os orgulhosos ficam presos por necessidades e passam por humilhação.

Se você  precisar de ajuda para continuar seguindo seu coração, peça.

Às vezes é uma imagem que você precisa manter (fazer média, manter o status), mas o principal motivo de você não conseguir pedir ajuda -por mais debilitado e fraco que você esteja- é porque você quer continuar na sua zona de conforto.

Nunca desista das coisas que te fazem sorrir.
Desistir do que lhe faz sorrir é aceitar viver uma vida medíocre.

Todo mundo precisa de algum tipo de ajuda, pois é quase impossível alguém conseguir fazer tudo sozinho.
E mesmo que você consiga, com quem você irá celebrar? Estar só após uma conquista significa que você perdeu.

Tudo pelo o que nós lutamos nessa vida é para compartilhar algo com alguém.
E é justamente por isso que você precisa entender que não é somente nos bons momentos que precisamos da energia das pessoas que gostamos.

Se você não pede ajuda por ter medo de ser considerado fraco, seja realista: se você precisa de ajuda, é porque você já se encontra assim.

Por que você não arrisca sair da sua zona de conforto?


Bjs e abraços,

Fabricio =)

A Cenoura, o Ovo e o Café

Uma filha se queixou a seu pai sobre sua vida e de como as coisas estavam difíceis para ela, ela já não sabia mais o que fazer, ela queria desistir.
Estava cansada de lutar e combater. Parecia que assim que um problema estava resolvido um outro surgia.

Seu pai, um “chef”, levou-a até a cozinha dele. Encheu três panelas com água e colocou cada uma delas em fogo alto. Logo a água das panelas começou a ferver. Numa ele colocou cenouras, noutra colocou ovos e, na última, pó de café. Deixou que tudo fervesse, sem dizer uma palavra. A filha deu um suspiro e esperou impacientemente, imaginando o que ele estaria fazendo.

Cerca de vinte minutos depois, ele desligou o fogo. Retirou as cenouras e colocou-as numa tigela. Retirou os ovos e colocou-os em outra tigela. Então pegou o café com uma concha e colocou-o numa xícara.

Virando-se para ela, perguntou:
– Querida, o que você está vendo?
– Cenouras, ovos e café – ela respondeu.

Ele a trouxe para mais perto e pediu-lhe para experimentar as cenouras. Ela obedeceu e notou que as cenouras estavam macias. Então, pediu-lhe que pegasse um ovo e o quebrasse. Ela obedeceu e depois de retirar a casca verificou que o ovo endurecera com a fervura. Finalmente, ele lhe pediu que tomasse um gole do café. Ela sorriu ao provar seu aroma delicioso.

Ela perguntou: – O que isto significa, pai?

Ele explicou que cada um deles havia enfrentado a mesma adversidade, a água fervendo, mas que cada um reagira de maneira diferente. A cenoura entrara forte, firme e inflexível. Mas depois de ter sido submetida à água fervendo, ela amolecera e se tornara frágil. Os ovos eram frágeis. Sua casca fina havia protegido o líquido interior. Mas depois de terem sido colocados na água fervendo, seu interior se tornou mais rijo. O pó de café, contudo, era incomparável. Depois que fora colocado na água fervente, ele havia mudado a água.

“Quando a adversidade bate à sua porta, como você responde? Você é uma cenoura, um ovo ou um pó de café? Qual deles é você?” – perguntou o chefe à sua filha.

~ Autor desconhecido.


Bjs e abraços,

Fabricio =)