O mestre e o sino

Um novo estudante aproximou-se do velho mestre e perguntou-lhe como ele poderia absorver seus ensinamentos de forma correta.  O jovem estava muito ansioso para ter todas as suas perguntas respondidas.


“Pense em mim como um sino” – o mestre explicou.

“Me dê um suave toque, e eu irei lhe dar um pequeno tinido.  Bata-me com força e você receberá um alto e profundo badalo.”

Se você não está encontrando uma resposta é porque você não está fazendo a pergunta certa para o seu mestre interior.

Bjs e abraços,

Fabricio =)

Anúncios

O que você precisa aprender é único!

Certa vez, um jovem aprendiz de artes marciais estava desanimado com seu nível técnico, pois por mais que ele treinasse ele se sentia estagnado e preso.
Então ele decidiu conversar com seu mestre sobre o que ele devia fazer.

“Mestre, o senhor me conhece, eu jamais deixei de treinar um único dia. Sempre me empenhei diante dos seus ensinamentos, mas não consigo atingir o nível que tanto almejo.”

“Relaxe mais” – disse o mestre. “Você leva tudo muito a sério. Procure se distrair, saia com seus amigos! Você precisa deixar que a arte faça parte de você e para que isso aconteça sua mente precisa estar calma e alegre.”

De repente eles foram interrompidos por um discípulo mais velho que passou diante deles cambaleando.
Então o jovem ficou observando as palavras do mestre para seu amigo, que por sinal sempre se encontrava bêbado.

“Não há necessidade de beber tanto assim para você se divertir. Treine mais, seja mais disciplinado! Você já sabe tudo o que deveria saber neste momento, então seja mais a sério e coloque em prática!”

O discípulo mais velho, apesar de estar muito embriagado, ouviu as palavras do mestre em silêncio e retornou para sua casa.

Vendo que as palavras do mestre eram contraditórias, o jovem discípulo respondeu de forma indignada:

“Mas mestre! Como o senhor pode fazer isso?! Tudo o que o senhor disse para ele é exatamente o contrário do que o senhor disse para mim!”

Foi então que mestre com um leve sorriso no rosto respondeu:

“A harmonia não segue padrões.
Cada pessoa precisa de um caminho para se iluminar.

E não importa o caminho, todo rio sempre desagua no mar.”

~ Escrito por Fabrício – osconselheiros.com

Beijos e abraços,

Fabricio =)